Conad 2016 – Já se programou?

Já se preparou para conferir o CONAD 2016?

Tire aqui as suas dúvidas!

O Conad – Congresso Nacional de Designers de Interiores reúne centenas de profissionais de todo o Brasil para uma reflexão sobre o exercício da profissão. Uma grande oportunidade para profissionais reciclarem conceitos, conhecerem novas tecnologias e conscientizarem a classe sobre sua importância na sociedade.

Ultima chamada para a o Photo Week

Neste sábado é a última chance para curtir a exposição em vários espaços da Vila Madalena.

Chega a São Paulo pela primeira vez o SP Photo Week que, como o nome já diz, dedica uma semana inteirinha à fotografia! Entre os dias 6 e 11 de junho, diversos espaços da Vila Madalena recebem bate-papos, mostra de fotos, promoções e muito mais* – tudo com entrada gratuita.

O grande destaque da semana é a programação do dia 11 de junho: uma grande feira de fotografia que recebe mais de 35 expositores, entre fotógrafos independentes, coletivos, galerias, editoras e escolas. A atividade acontece na Rua Fidalga, 184, das 10h às 20h e ainda conta com espaço gastronômico, discotecagem do DJ Pikachu, projeções visuais e leilão de obras. O dinheiro arrecadado será doado para o GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer).

O homenageado desta primeira edição é o premiado fotógrafo Gal Oppido, que apresenta, durante a feira, a exposição “Pelo Telefone”, com 10 de suas fotos. Outros nomes confirmados para o evento são Bianca Vasconcellos, Bike Gallery, Coletivo 3 Olhares, Letícia Zica, Peach Photo Art, Roberto Oya, Vitor Pavão e Wallphoto, entre outros.

Idealizado por Felipe Gombossy, Fernando Palmisano e Zé Bobby, o evento foi criado a partir da economia criativa, sendo um canal alternativo de distribuição da atual produção fotográfica autoral jovem e contemporânea.

Não deixe de conferir!

fotografa_Bianca_Vasconcellos__2-910x615Foto de Bianca Vasconcellos

Dica do Final de Semana – Teatro

Guerrilheiro_nao_tem_nome_-Flaviana_Benjamin_3-910x607

Com direção de Anderson Zanetti, a peça é inspirada no livro “MATA! O Major Curió e as Guerrilhas do Araguaia”, do jornalista Leonêncio Nossa, que teve acesso ao arquivo pessoal do major Sebastião Rodrigues de Moura, mais conhecido como Curió. Ele é considerado um dos maiores repressores da Ditadura Militar.

O autor revela com detalhes as torturas e assassinados de presos políticos praticados pelo regime militar na região do rio Araguaia, que corta os estados do Pará, Goiás, Tocantins e Mato Grosso.

A obra também cria um panorama histórico da ocupação desordenada da Amazônia e das tragédias que aconteceram no Bico do Papagaio e no sudeste do Para, como a exploração do ouro em Serra Pelada e os massacres de sem-terras.

A montagem mostra como alguns jovens que lutaram nessa revolução descobriram a relação existente entre as suas realidades individuais e as profundas contradições presentes na formação social do Brasil. Eles são motivados pelo sonho de criar uma sociedade igualitária, o contato com a cultura local e a solidariedade

Outros temas tratados são a injustiça social, a luta armada, a corrupção, o militarismo, a tortura e o coronelismo. O grupo investiga, ainda nesse trabalho, o teatro épico-dialético e o fazer teatral. O elenco conta com a participação de Gabriela Felipe, Leonardo Oliveira e Vanessa Biffon.

Organizada pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), a Guerrilha do Araguaia foi uma tentativa de instaurar uma revolução socialista na região da Amazônia, aos moldes das experiências cubana e chinesa. Os cerca de 80 jovens que lutaram nessa revolta foram massacrados pelas forças da Ditadura Militar. O episódio só ficou conhecido pelo resto do país depois da redemocratização.

Centro Cultural São Paulo (Sala Adoniran Barbosa): dia 28 de maio, às 19h, e dia 29, às 18h

Fonte: Catraca Livre

Dia das Mães na A Especialista

Você já comprou o presente de Dia das Mães da sua mãe?

As vezes ficamos em dúvida sobre objetos pessoais como: perfumes, roupas sapatos e etc. Que tal sair do óbvio esse ano?

Aqui na A Especialista você encontra diversas opções que trarão conforto e bem estar para sua mãe e toda a família.

Um sofá bem confortável para vocês assistirem a novela que ela adora juntas ou uma mesa de jantar com cadeiras estilosas para todas as refeições serem uma delicia, como ela gosta.

Além disso, esse mês comprando o presente da sua mãe conosco, você ganha um voucher Day Spa para presenteá-la em dobro e com grande estilo.

Não deixe de conferir essa mega promoção de Dia das Mães.

 

post_facebook_dia_maes_especialista (002)

 

 

 

Estar bela é estar bem

A última quinta-feira dia 31, foi especial.
Nós da A Especialista, com os parceiros, Blanco Design, Lustres Irie, Mais Revestimentos e RS Design, nos unimos para mais um evento de sucesso.
Presenteamos nossas parceiras com um dia na encantadora Clinica Santé, onde desfrutaram de toda a estrutura, com direito a uma super massagem oferecida por especialistas.
O cardápio ficou por conta da banqueteira Mariana Barganian, que elaborou receitas funcionais cheias de sabor e personalidade, como um escondidinho de frango com purê de banana da terra, simplesmente divino.
Fabio Galluzi, foi o responsável pela decoração alegre e vibrante, que foi ressaltada pelo lindo dia de céu azul e sol intenso.
Ao chegarem, as convidadas recebiam um kit com uma touca para a massagem e um chinelo, para ficarem confortáveis.
As diretoras Erica Lorca, Shislei Blanco, Catarina Pawlowski, Sandra Molina e Lisandra Mascotto receberam as convidadas durante todo o dia e proporcionaram a elas um momento de descanso e relaxamento, onde puderam sair com as energias renovadas para as próximas atividades do dia.
Abaixo algumas fotos desse dia encantador.

Arte do ABCD ganha projeção internacional

Gostamos muito desta matéria sobre a arte no ABCD e dividimos com vocês!

O artista plástico de São Bernardo Giovani Caramelo é único no Brasil a trabalhar com esculturas hiper-realistas.

giovani_caramello

Giovani Caramelo – Na Oma Galeria

Com telas, esculturas, fotos, vídeos e instalações, artistas do ABCD estão ganhando espaço e reconhecimento. Eles estão presentes em exposições e premiações importantes por todo o País e também no exterior.

Tiago Toes, viaja em março para Filadélfia, nos Estados Unidos, onde participará de um projeto de murais e, no segundo semestre, tem exposição agendada em Bogotá, na Colômbia. Ele nasceu em Curitiba, mas veio com dois anos para São Bernardo. “Tenho uma relação muito forte com a Região. Embora ofereça serviços de uma metrópole, ainda conserva um clima interiorano do qual eu não quero me afastar. Já tive oportunidade de mudar para São Paulo, mas preferi continuar aqui”, disse Tiago, que usa diferentes plataformas em seu trabalho: tela, escultura, instalação e vídeo.

O vínculo afetivo com o ABCD não aparece em sua arte. “Meu trabalho tem um olhar introspectivo, está relacionado à busca da evolução espiritual”, explicou o artista, que participou de uma exposição individual na Oma Galeria, em 2013, e da coletiva ContraProva, no Museu das Artes de São Paulo, em 2014, quando também fez residência artística na 13a Semana Internacional de Arte de Lüben, na Alemanha, e ganhou o Prêmio Garimpo, da revista Desartes.

Já Giovani Caramelo, é de Santo André, de onde não pretende sair, embora seu trabalho com esculturas hiper-realistas em silicone e resina seja sempre comparado ao do artista australiano Ron Mueck. “Gosto de viver no ABCD, onde tenho tranquilidade para produzir”, disse ele, que é o único brasileiro a fazer este tipo de trabalho.

Autodidata, Giovani começou sua carreira como modelador 3D. Expôs pela primeira vez no Museu andreense Dr Octaviano Armando Gaiarsa, em 2014, depois participou das duas edições da Feira Parte e de uma exposição coletiva na Oma Galeria. No momento, dedica-se a novas esculturas que farão parte da exposição individual prevista para abril, também na OMA Galeria.

OUTROS EXPOENTES

É de São Bernardo Daniel Melim, destaque em arte urbana. Ele busca locais abandonados, explora texturas, tipografias e formas de impressão, assumindo o erro e o desgaste como estética. Com essa proposta, participou da Bienal de Valência, na Espanha, em 2007, expos no MASP, em 2009 e 2010, ganhou o prêmio Aquisição da SP Arte, em 2012, e seu Mural da Luz foi eleito o mais representativo de São Paulo, em 2011.

Outro nome importante é Rien, também de São Bernardo. Com arte contemporânea em diferentes suportes, participou de exposições individuais na Oma Galeria, em 2014, e na Galeria Crivo, em 2015. Também participou de exposições no exterior, fez residência artística na 13a Semana Internacional de Arte de Lüben, na Alemanha, e mostrou suas obras no Espace des Arts Sans Fontieres, na França.

Aposta instintiva da Oma Galeria

Todos esses artistas são atualmente representados pela Oma Galeria, de Bernardo. Há uma relação de simbiose entre as partes. A galeria cresceu ao apostar em novos talentos e estes ganharam visibilidade por meio do trabalho da galeria.

“Depois que passamos a aparecer entre os principais espaços de São Paulo, principalmente nas feiras de arte, os artistas daqui passaram a ter uma referência para se identificarem na Região, já que a galeria faz questão de levar o nome do ABCD para onde vai. É meio como se agora fizesse mais sentido para eles dizerem que são do ABCD, antes estavam dispersos, precisavam ir até a capital para se destacarem”, afirmou o galerista Thomaz Pacheco.

Para ele, não há uma receita para saber se um artista vai fazer sucesso, a aposta é instintiva. “O critério de seleção é muito particular e envolve sentimento. É um pouco difícil descrever, pois é algo mais para se sentir do que pra explicar. Não existe uma cartilha a ser seguida”, disse o galerista.

Embora conte com um time de primeira, a intenção da Oma é expandir. “A pesquisa por novos artistas é constante. Sempre aparecem ótimos artistas na galeria querendo mostrar portfólios, olhamos todos com enorme atenção e carinho – contou Thomaz Pacheco – Quando dá aquele ‘click’, o próximo passo é pensar em que tipo de atividade da Galeria aquele artista pode se encaixar, desde uma oficina, até uma exposição coletiva ou individual, ou quem sabe até a representação.”

Fonte: http://www.abcdmaior.com.br/cultura

Por: Sonia Nabarrete (sonianabarrete@hotmail.com)