O Poder do Sal

Nós da A Especialista, em conjunto com a Blanco Design, Lustres Irie, Mais Revestimentos e RS Design nos unimos para desejar um excelente inicio de ano aos nossos parceiros.

O presente escolhido foi esse lindo vidrinho.

12743667_961482653889357_2035182862348986188_n

A ideia foi reunir vários objetos que transmitem boas energias e vibrações, para que todos sentissem nossos votos de carinho e sucesso.

Ficamos muito felizes com a repercussão da ação, pois recebemos inumeros agradecimentos e a reciprocidade desse carinho.

Dentre eles, recebemos essa explicação bem interessante sobre o sal, enviada pela arquiteta Erika Linard e queremos compartilhar com vocês!

O Poder do Sal

Desde a Antiguidade que o sal é utilizado pelos homens e é considerado um bem muitíssimo precioso. A palavra sal vem do vocabulário grego “hals” e “halos”, que tanto significam sal como mar. Na Roma Antiga, o seu valor monetário e econômico era comparável ao do ouro, da seda e das especiarias. As pessoas recebiam como pagamento do seu trabalho o “salarium”, que significava “dinheiro para comprar sal” e recebiam igualmente umas medidas de sal como pagamento. O uso da palavra “salarium” perdurou ao longo dos tempos, reconhecendo-se o seu nome na raiz etimológica da palavra “salário” (do latim “salariu”, ou “ração de sal”, “soldo”).

A utilização do sal grosso em diferentes culturas

Na Antiguidade- o sal era utilizado como oferenda aos Deuses com o intuito de obter proteção espiritual.

Assírios – nos cultos religiosos.

Egito- o sal era considerado um produto sagrado e ofereciam aos seus Deuses. Também utilizavam o sal no processo de embalsamento de pessoas importantes.

Roma- símbolo de sabedoria e utilizado nos rituais de batismo.

Grécia- símbolo de purificação e destruição.

Hebreus – oferenda aos Deuses, símbolo de purificação e da perenidade entre a aliança de Deus com o povo judeu.

Cristianismo: símbolo de purificação e no ritual de baptismo era colocado o sal nos lábios dos recém-nascidos.

Idade Média- usado para afastar maus espíritos, deitava-se sal nas chaminés das casas para impedir que os demónios entrassem.

Africanos – quando alguém muda de casa, lava-se a casa nova com água e sal para eliminar as energias negativas.

Japão- símbolo de purificação, eles jogam sal perto da porta de entrada das suas casas para que não tenha visita de pessoas negativas.

O poder do sal grosso

Como você já viu acima o sal grosso é usado desde da antiguidade como uma poderosa ferramenta de purificação e limpeza energética em todas as grandes civilizações do mundo.

O sal grosso é considerado um potente purificador de ambientes. O sal é um cristal e por isso emite ondas eletromagnéticas que podem ser medida pelos radiestesistas. Ele tem o mesmo comprimento de onda da cor violeta, capaz de neutralizar os campos eletromagnéticos negativos. Quem estuda cromoterapia sabe que uma das cores mais poderosas é a cor violeta, que elimina toda a negatividade de nossos corpos sutis.

Que o seu ano seja cheio de boas vibrações e energias!!!

404